quarta-feira, 17 de setembro de 2008

they only say things you want to hear.


Desatados os nós do cabelo, solto o cigarro queimado dos dedos é isto o que me resta. Uma pele branca, um cabelo curto demais, torto demais, e um sorriso. Daqueles invejáveis, “de orelha a orelha”, com dentes tortos à frente e paixões por traz.
Secas as palavras são os meus olhos que choram, por dias em seco, ecoando em cada gota, prolongando-se em cada lagrima a rolar pelas bochechas grandes. Sussurram, conspiram, soluçam e minha língua continua imóvel. Cada fonema perdido por você é uma pequena morte em meu coração.

Um comentário:

B. disse...

Combinado. Onde e que horas?
O texto quanto mais triste, mais bonito. Ficou lindo esse! Beijão!