quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

and I miss you, love.

Depois de tanto me perguntar, de todas as horas me indagando, descobri o problema. Era obvio, perceptível, zombava de mim pela cegueira e mesma assim não o percebia. O problema é que sinto a sua falta.
Sei que não foi a lugar nenhum, que continua nas estantes que te coloquei pelo quarto enquanto tentava encontrar o melhor lugar para você, mas simplesmente não te sinto mais aqui. É como se toda aquela energia, todo o amor, me tivesse escapado pelos dedos enquanto não percebia. E não importa o quanto procure e remexa por ele, seja em gavetas ou no fundo dos seus olhos, não vejo em lugar nenhum. Mesmo em palavras consigo senti-lo esvaecer.
Talvez não o tenha perdido, ou jogado fora, apenas o esteja guardando, afogado por todas as outras coisas que nos assolam, em alguma caixa empoeirada pelos armários. Não sei, mas é disso que tento me convencer todos os dias.

2 comentários:

Stutz disse...

Eu já conheço. Lá, lá, lá.

Lindo, lindo *.*
Mas depois coloca o de hoje, hihi.

R.L. disse...

Lindo mesmo.. adorei
Você é ultraromantica..
Que nem eu..
isso é uma doença.. heheh

beijos